O que as mulheres assistem no Youtube

Provavelmente você, blogueira, deve achar que o que as mulheres assistem no Youtube ou consumir na internet são os temas relacionados à moda, beleza e maternidade – dicas, dicas e mais dicas. Mas, pode acreditar, trabalhar com “achismo” não é uma boa opção. Confie em dados, não em estereótipos.O Google analisou o crescimento do watch time de vídeos de diversas categorias do Youtube para entender quais conteúdos têm mais impacto no público feminino. Desse estudo, surgiram alguns insights que podem ser aproveitados por você – não necessariamente em vídeo, pode ser em texto também.

AS MULHERES QUEREM MAIS!

+ tempo assistindo a conteúdos sobre negócios

O tempo investido em assistir a vídeos sobre empreendedorismo dobrou no último ano. E o tempo assistindo a temas como pequenos negócios, notícias empresariais e serviços para negócios mais que triplicou!

+ que dicas de beleza e como cuidar dos filhos

Independente da idade, as mães estão cada vez menos interessadas em conteúdos sobre educação e cuidado com filhos do que os pais – vide aumento de canais, blogs e conteúdos voltados a pais. Mães Millenials não têm as mesmas prioridades que as mães da geração X e não se conformam com estereótipos. Elas querem mesmo é desenvolver-se pessoalmente (67% das mães millenials norte-americanas continuam investindo em suas paixões mesmo após o nascimento dos filhos, um número significativamente maior que as mães da geração X). Por este motivo, os vídeos de “faça você mesmo” são muito mais assistidos por mulheres do que homens e 50% delas os assistem com regularidade.

+ mensagens de empoderamento

Acha que todo mundo detesta anúncios? Pois saiba que o tempo assistindo a publicidade mais que dobrou no último ano. Isso porque os anúncios tornaram-se mais interessantes e, principalmente, com mensagens mais empoderadoras. Mulheres entre 18 e 34 anos estão duas vezes mais inclinadas a criar uma imagem positiva de marcas com discursos de empoderamento e 80% mais propensas a interagir (se cadastrar, seguir, comentar, curtir e compartilhar) com conteúdos com esse esse tipo de mensagem.Quer dizer, então, que se você, que tem um blog sobre moda, beleza ou maternidade tem que parar tudo e seguir tudo o que está aí em cima? Claro que não! Tem público pra todo mundo e, embora esses insights estejam em crescimento, não significa que os outros temas não sejam mais interessantes para as mulheres. A lição que dá para extrair disso tudo é que as mulheres – e os homens também – estão em busca de aprendizagem, de assuntos sendo abordados de forma menos superficial e você pode levar isso ao seu público, independente do seu segmento.Veja alguns exemplos de quem tem feito isso com sucesso:Shantal Abreu, Nanaths, Manu Carvalho - empoderamento feminino e mulheres no Youtube

Shantal Abreu

Ela tinha tudo para ser mais uma musa fitness do instagram, mas ganhou forças e conquistou o público graças a seu tino empreendedor e, principalmente, sua filosofia de vida. Seus stories são quase um livro de autoajuda.

Nanaths

A ilustradora aliou seus desenhos com mensagens bem humoradas e que dão um up no dia triste de qualquer um. Nas últimas semanas, conquistou o público com a série sobre signos que fala o que todo mundo já sabe, mas de um jeito todo dela (e que todo mundo se identifica). Esperta, ela solta um signo por semana o que cria uma expectativa e aumenta o engajamento de sua conta no Instagram.

Manu Carvalho

A Manu poderia ser a típica blogueira (posta look do dia, tutorial de maquiagem, os pratos que come, vai a eventos), mas ela não pára e não tem medo de falar o que pensa – com bom senso, é claro. Tanto que acabou criando a tag #selomanudequalidade, que tem a credibilidade do público e até das marcas, e deu tão certo que a Manu tem até feito um trabalho de rp para algumas marcas e restaurantes.Empoderamento feminino - Maraisa (Beleza Interior), Carol Magalhães e Giovanna

Beleza Interior

O layout do blog nem é dos mais lindos, mas a Maraisa fala de beleza no sentido mais amplo da palavra. Tem achadinhos, tutoriais e resenhas, que são clássicos de blogs de beleza, e ela aborda de forma muito completa. Mas, o diferencial mesmo fica com abordagem bem humorada e até com pitadas de ironia sobre beleza real e aceitação.

Carol Magalhães

Ao contrário do que muitos influenciadores fizeram com a chegada do Instagram, a Carol nunca abandonou o blog. Pelo contrário, definiu uma estratégia de conteúdo para cada plataforma (o insta mais pessoal e o blog com conteúdo mais aprofundado) e deu tão certo que já virou case de sucesso do Pinterest e agregou uma lojinha a seu blog com um produto assinado por ela.

Mães de Peito

Não tem nenhuma “descoberta do Brasil”, mas a Giovanna foge do lugar comum ao ter um conteúdo mais jornalístico que pessoal.SER Pai, Paizinho e Marcos Piangers

S.E.R. Pai, Paizinho Vírgula e Piangers

Pais falando sobre paternidade e maternidade estão cada vez mais em evidência. A sensação que dá, especialmente no caso do Marcos Piangers, é que eles falam “a língua de pais e mães no geral” (palavras da Jéssica Uchôa, a mamãe Millenial da gC, que super acompanha esse blog) e não só com as “mamães”. Legal, né? Por que não fazer uma parceria ou testar alguns posts para a família como um todo, então?Entendeu o que eu quis dizer? Não precisa, de forma alguma, parar de postar look do dia, falar de produtos de beleza ou dar dicas sobre maternidade. O segredo está em como fazer isso. A oferta de conteúdo na internet é muito grande e os internautas estão cada vez mais exigentes. Por isso é tão importante que você ouça seu público e nunca pare de pensar em meios de melhorar a qualidade do seu conteúdo. Se precisar de ajuda para encontrar o seu caminho, pode contar comigo! 😉Beijo, Mariana Queiroz
Mais conteúdo inspirador
Como usar o marketing de influência no seu negócio

Para nós, que dependemos do dependemos do digital no dia a dia, compartilho um pensamento sobre como usar o marketing de Read more

O que a Amazônia tem a ver com seu negócio online?

Independente de qual seja a sua opinião, acredito que você esteja a par de toda a polêmica que envolve a Amazônia Read more

VOCÊ NÃO VAI VIVER DE BLOG nem sendo DIGITAL INFLUENCER

Não, você não vai viver de blog! Essa é a primeira verdade que tentamos mostrar, provavelmente desde antes de você Read more

5 Ideias para Digital Influencers ganhar dinheiro $$

Para começar o ano a todo vapor, nossa série "Além de publiposts" está recheada de exemplos de como você pode Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *